Vancouver Film School: Estudando cinema, animação e design no Canadá


Vancouver Film School, BC

Nem todos sabem, mas Vancouver é uma potência do cinema. A indústria de filmes e televisão da cidade é a terceira maior da América do Norte, gerando mais de 35.000 empregos e 1 bilhão de dólares para a economia. Cerca de 65 filmes e 55 séries de televisão são filmados em Vancouver todos os anos.

A cidade atrai talentos do mundo inteiro, ganhando o apelido de “Hollywood do Norte“, além de futuros atores, produtores e diretores que buscam formação em uma das melhores escolas de cinema do país.

A Vancouver Film School é uma instituição privada, fundada em 1987 e reconhecida mundialmente pela indústria do entretenimento. Cerca de metade dos mais de 1000 alunos são estrangeiros, e a escola também tem uma filial em Shanghai, na China.

Alunos formados pela VFS aparecem nos créditos de grandes produções como Game of Thrones, Homem-Aranha, Deadpool, Vingadores, Star Wars e Toy Story. Alguns dos cerca de 25.000 ex-alunos também foram indicados ao Oscar, Globo de Ouro, Emmy e outras importantes premiações.

Além do cinema, a VFS também oferece programas nas áreas de artes e jogos digitais, tendo parceria com grandes empresas de software, como Adobe, Autodesk, Avid e HP.

A instituição foi considerada a melhor escola de animação do mundo pelo site Animation Career Review em 2019.

Cursos oferecidos na VFS

A VFS oferece 12 programas de formação avançada nas áreas de animação, cinema, televisão, jogos e design. Os programas são intensivos, com até 12 meses de duração, e combinam teoria com muita prática, o que significa que você sai da escola pronto para ingressar no mercado de trabalho.

Em todos os programas, o aluno desenvolve do início ao fim um projeto na sua área de estudos, chegando ao fim do curso com um diploma e um portfolio caprichado, que ajuda muito na hora de conseguir um emprego.

Estes são os programas de formação avançada oferecidos pela Vancouver Film School:

3D Animation & Visual Effects.

Este curso ensina a produzir conteúdo 3D do início ao fim, com técnicas que vão desde as mais básicas até as mais avançadas. Os alunos escolhem uma área de especialização para seguir: animação, modelagem ou efeitos visuais.

Acting for Film & Television

Este curso prepara o aluno para atuar no cinema e na televisão, inclusive usando técnicas avançadas, como motion capture (usada em animações) e chroma key (filmagem em tela verde).

Animation Concept Art

Este curso é dedicado à arte conceitual, um tipo de ilustração usada pelos artistas para criar personagens, cenários e toda a ambientação de filmes, animações e jogos.

Classical Animation

Este curso é focado no desenho para animações, incluindo a direção de arte e criação de storyboards para o projeto.

Digital Design

Este curso ensina técnicas de design gráfico e conceitos de branding, user experience, tipografia e outras habilidades utilizada na criação de produtos digitais.

Film Production

Este curso é para quem gosta de ficar atrás das câmeras, com técnicas de direção, filmagem, edição e até efeitos especiais.

Game Design

Este curso ensina a criar jogos digitais do início ao fim, desde a parte do design até a programação.

Makeup Design for Film & Television

Este curso é dedicado à maquiagem e caracterização de personagens. Os alunos aprendem técnicas avançadas, como simular machucados, moldar próteses e fabricar perucas.

Programming for Games, Web & Mobile

Este curso é especializado na programação de jogos, aplicativos e websites. Além do código, os alunos desenvolvem conceitos de inteligência artificial e jogabilidade.

Sound Design for Visual Media

Este curso ensina técnicas de captura e edição de áudio (sonoplastia) para cinema, televisão e jogos.

VR/AR Design & Development

Este curso é dedicado à criação de aplicações de VR (realidade virtual) e AR (realidade aumentada), tecnologias que vem se popularizando nos últimos anos.

Writing for Film, Television & Games

Este curso desenvolve técnicas de criação de roteiros e histórias em diversos gêneros e formatos. Os alunos podem se especializar em uma das áreas: cinema, televisão ou jogos.

O que é preciso para estudar na VFS

Para se matricular na VFS, é preciso preencher alguns requisitos básicos: ter ensino médio completo (ou, no mínimo 19 anos de idade); comprovação de recursos financeiros e seguro saúde. Na província de British Columbia, estudantes estrangeiros pagam uma taxa mensal de CAD$ 75 para ter acesso ao sistema de saúde pública, não sendo necessário contratar um outro plano.

Além disso, a VFS exige conhecimento prévio na área de estudo do curso para qual o aluno se candidata. As exigências variam conforme o programa, mas geralmente é preciso enviar uma carta ou portfolio que demonstra sua experiência na área.

Para os que ainda não têm experiência de trabalho, a VFS oferece 3 programas preparatórios que servem como atalhos para entrar em um dos programas de formação avançada. São os cursos de Acting Essentials (atuação), English for Creative Arts (linguagem) e Foundation Visual Art & Design (desenho).

Além disso, como toda instituição de ensino no Canadá, é preciso comprovar o nível de inglês. A escola aceita testes aceitos internacionalmente, como o IELTS, TOEFL, TOEIC, PTE, Cambridge e até o Duolingo English Test, uma opção acessível e totalmente online.

As exigências completas do idioma para cada programa estão listadas nesta página.

Quanto custa estudar na VFS

O preço dos programas de formação avançada da VFS variam entre CAD$ 28.000 e CAD$ 54.000 (entre R$ 100.000 e R$ 200.000).

Para brasileiros que buscam financiamento, a única opção é recorrer aos bancos do Brasil, já que os bancos do Canadá não concedem empréstimos a estudantes estrangeiros.

Todos os anos, a VFS concede bolsas (scholarships) a estudantes do mundo inteiro.

Em 2017, a instituição distribuiu CAD$ 500.000 em bolsas para novos talentos, em valores que variavam entre CAD$ 500 e CAD$ 10.000. Outras bolsas, nomeadas em honra à ex-alunos da escola, como Kevin Smith, Victor Lucas e Emily Bett Rickards, já deram a oportunidade a vários alunos de estudar na VFS sem pagar nada. É preciso ficar atento à lista de bolsas abertas no site da instituição.

Fazendo a matrícula na VFS

O primeiro passo para se candidatar a um programa de estudos na VFS é marcar uma entrevista com um conselheiro (advisor) da escola, que vai conversar com você e ajudar no processo de inscrição. Preencha o formulário e aguarde o contato de um dos advisors para continuar o processo.

Após falar com um advisor, será possível preencher o formulário de inscrição, o que leva em torno de 15-25 minutos.

Após enviar a candidatura e pagar a taxa de inscrição, que é de CAD$100, é só aguardar o resultado. Enquanto isso, o advisor pode ajudar em questões como obter o visto, encontrar moradia e planejar as finanças.

Obtendo o visto canadense

Todos os brasileiros necessitam de um eTA ou visitor visa para entrar no Canadá. O eTA pode ser utilizado por quem já tem o visto americano, basta solicitá-lo através deste site e pagar a taxa de CAD$ 7 pelo documento. Quem não possui o visto americano deve solicitar o visitor visa, que custa CAD$ 100.

O processo é todo feito pela internet, exceto a coleta de biometria, que deve ser feita em um dos centros autorizados no Brasil — São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Recife. A coleta de biometria exige o pagamento de uma taxa extra de CAD$ 85.

Além do eTA ou visitor visa, todos os cursos com mais de 6 meses de duração exigem um study permit, que dá permissão para estudar no país até a conclusão do curso.

Para solicitá-lo, é preciso ter a carta de aceitação da Vancouver Film School, além de uma comprovação de fundos para provar que você tem dinheiro suficiente para se sustentar no país. A solicitação é feita através deste site e custa CAD$ 150.

Resumindo: se você já tem o visto americano, você vai precisar do eTA (CAD$ 7) e do study permit (CAD$ 150). Se você não tem o visto americano, você vai precisar do visitor visa (CAD$100 + CAD$ 85) e do study permit (CAD$ 150).

Vivendo em Vancouver

Assim como outras cidades canadenses, Vancouver oferece uma excelente qualidade de vida, sendo considerada a 3a melhor cidade para se viver do mundo de acordo com o ranking da Mercer, e a 16a melhor cidade para estudantes no ranking da QS.

Além das conveniências de uma cidade grande, Vancouver é rodeada por parques, montanhas, lagos e praias, oferecendo atividades ao ar livre durante o ano todo.

O clima também é um dos melhores do Canadá: o invernos não é tão rigoroso como o de Toronto (dificilmente fica abaixo de zero) e no verão não fica tão quente. A única desvantagem é a chuva, por isso, prepare a sombrinha!

Apesar de ser bem mais barata que grandes metrópoles como Londres e Nova York, o custo de vida em Vancouver, no entanto, é um pouco alto para os padrões brasileiros.

O preço da moradia na cidade é um dos mais altos do mundo, devido à alta demanda.

Ainda assim, é possível encontrar apartamentos compartilhados com outros estudantes por cerca de CAD$ 1000-1100, ou estúdios por CAD$ 1300-1400, dependendo da localização do imóvel. Sites como Liv, GEC Living, Off-Campus Housing 101 e Search4StudentHousing são especializados em aluguéis para estudantes.

Vancouver oferece um excelente sistema de transporte público, que utiliza trens, ônibus e barcos para conectar todas as regiões da cidade.

A VFS infelizmente não faz parte do programa que dá acesso ilimitado ao transporte público para estudantes, mas um passe mensal pode ser comprado por CAD$ $98.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.